Diminua a tensão no seu relacionamento durante a Pandemia do Coronavírus

Até os relacionamentos mais saudáveis ​​sofrem algum conflito durante a pandemia do coronavírus que estamos vivendo. Se vocês estão protegidos a maior parte do tempo ficando em casa ou em quarentena, você certamente passa mais tempo com seu parceiro (a)  – talvez mais do que nunca. Embora seja ótimo ter apoio e conforto quando você estiver diante desses tempos difíceis, o estresse também pode aumentar a probabilidade de discussões e confronto. Quando o espaço físico e emocional é limitado, até reclamações triviais e desentendimentos podem ficar fora de proporção. Seu (sua) parceiro (a) pode suportar o peso da sua ansiedade, raiva e aborrecimento?

O que você precisa saber

Um estudo publicado no Journal of Personality and Social Psychology identificou que os relacionamentos expostos a alto estresse por longos períodos de tempo ficam tensos, independentemente da força de cada habilidades de relacionamento do (a) parceiro (a). O estudo recomendou que cada parceiro (a) identificasse maneiras de gerenciar com sucesso o estresse para que eles possam trazer o melhor de si para o relacionamento. Além disso, você pode identificar os aspectos positivos de passar a maior parte do dia com seu (sua) parceiro (a). Mais tempo juntos significa mais tempo para se concentrar em seu relacionamento, reconectar-se e aumentar a intimidade – trabalhar juntos como uma equipe para lidar com esses tempos angustiantes e incertos.

O que você pode fazer para diminuir a tensão no seu relacionamento?

Aqui estão algumas sugestões:

  • Exprima suas necessidades de maneira clara e gentil, mantendo a calma e resistindo à tentação de culpar o ouro (a). Faça uma pausa durante o dia para refletir sobre como está se sentindo e o que precisa.
  • Ouça com respeito, paciência e bondade. Identifique pontos em comum. Revele sua vulnerabilidade e medos um para o outro e suavize sua postura para permanecer conectado. Marcar um horário todos os dias (ou o máximo possível possível na semana conforme a rotina de vocês) para se concentrar em seu relacionamento – evite falar sobre a pandemia ou temores sobre o amanhã neste intervalo – imaginar um contexto fora desta realidade pandêmica. Discutir “e se” pode aumentar a ansiedade e alimentar o medo, levando a mais conflito.
  • Quando as coisas esquentam, leve um tempo para se acalmar. Identifique quando você está estressado e faça um recuo. Quando você está chateado, é normal recorrer a formas menos saudáveis ​​de lidar e se expressar. Você pode se tornar irritado, crítico, manifestar raiva ou ficar choroso. Você pode até mesmo brigar com seu parceiro ou exagerar em pequenos mal-entendidos. Em vez disso, expresse como você está sentindo e explique que você não quer dizer nada do qual se arrependerá mais tarde.
  • Expressar gratidão.
  • Cuide-se e atenda às suas próprias necessidades. Cuide de si e do seu corpo, tente dormir o suficiente, se exercitar, comer bem e manter fortes relacionamentos com a família e amigos (virtualmente ou por telefone). Mesmo incorporando pequenos hábitos como meditar ou tentar silenciar, olhar para uma imagem ou ouvir uma música de que goste bastante todas as manhãs por 5 minutos.
  • Crie áreas de trabalho separadas. Se possível, trabalhe em cômodos diferentes se puderem. Use fones de ouvido para se concentrar em suas tarefas, caso precise fazer calls ou vídeoconferências. Se vocês têm filhos, designe “turnos” para cuidar de crianças e tarefas domésticas.
  • Tenha seu próprio tempo e espaço longe do seu (sua) parceiro (a) e filhos. Vocês podem precisar escapar para um local tranquilo em momentos diferentes.
  • Respeite os diferentes estilos de enfrentamento de uma crise. Você e seu parceiro provavelmente lidam com o estresse de maneira muito diferentes. Você pode ser calmo (a) e equilibrado (a), enquanto seu parceiro (a) está ansioso (a) ou nervoso (a). Seus estilos diferentes podem se equilibrar – o parceiro mais fundamentado pode oferecer humor, enquanto o parceiro ansioso pode garantir que as diretrizes de saúde e segurança estejam em vigor. Veja a situação do ponto de vista do seu parceiro e limite seu julgamento sobre como ele ou ela lida com toda esta confusão que esta pandemia da COVID-19 pode ter causado em suas vida.

Você quer ajuda prática para lidar com os conflitos que você e seu (sua) parceiro (a) possam estar vivendo? Me envie um e-mail que eu te darei exercícios para serem realizados e servirem como ferramentas para o bem-estar seu e do (a) seu (sua) parceiro (a).

Estas mesmas práticas podem ser usadas para outras pessoas que se relacionem com você e que possam estar experimentando muitos conflitos entre si durante esta quarentena.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp